Wednesday, February 01, 2006

Sonso

Quando eu era pequeno, mamãe me chamava de Sonso. Dizia: "É o sonsinho da mamãe", com o amor que, eventualmente, uma mãe é capaz de sentir pela mais deplorável das criaturas. Ela chegava das festas com o meu pai e visitava nossos quartos com o fatídico beijo de boa-noite, e eu, que nunca estava dormindo, fechava os olhos e fingia o sono pesado dos meus irmãos. Mas antes que ela me beijasse, e só depois de beijar os outros dois, ela sussurrava em meu ouvido: "Eu sei que o sonsinho da mamãe nunca está dormindo", depois beijava a minha testa e apagava a luz. E tudo o que eu mais queria na vida era dormir antes que eles chegassem em casa.


Sonso (Dicionário Houaiss de Língua Portuguesa): aquele que finge não ter defeitos ou se faz de simplório, palerma, inocente, mas faz coisas reprováveis dissimuladamente ou pelas costas; manhoso, dissimulado, santo do pau oco.

Sinônimos
como adj.s.m.: ver sinonímia de fingido; como adj.: ver antonímia de tolo

2 comments:

Fabiane said...

É o sonsinho mais esperto que eu já conheci... na minha casa, meu pai dizia "é a porqueira do pai" e minha mãe "é a ardida da mãe". Mas eu não tenho nenhuma esperança de que as definições deles e da minha infância, nem da sua mãe e do sonsinho tão amado, estejam de fato presentes no Aurélio ou em qualquer dicionário. Bjos mil, Fabi

Priscila said...

É esperado de todo Samurai simplicidade e humildade. Porém, reprovável e atônimo de tolo, por menos que te conheça, definitivamente não é você.