Friday, March 27, 2015

A Última Palavra

Ao primeiro susto e o verbo morre.
A palavra calada há tanto tempo se desfaz
Tempo demais para querer ser de novo palavra,
Querer ser toda palavra,
Inteiro a palavra

Para depois, um dia, renascer em tudo o que não se diz
Renascer sem meios de se explicar
Nesse silêncio povoado de ouvidos,
Nesse escuro que dói nos olhos
a dor das cores escondidas

Pois que a última palavra seja dita!
E repetida até que seja de novo a primeira palavra
Primeira vez que qualquer vida se faça dela
Primeiro amor, primeiro mar, primeiro tudo
Que a última palavra seja dita.

No comments: